Mulher no Lago
Crônicas

Por que somos tão insaciáveis?

As pessoas passam a maior parte de suas vidas procurando por algo, um emprego, um cargo melhor, um carro, uma viagem. Fantasiam uma vida perfeita. Criam expectativas, ideais e grandes dramatizações mentais, mas quando conseguem, esquecem de desligar o botão da auto sabotagem.

Você já teve um sonho que você queria muito realizar e quando realizou, sentiu que toda aquela expectativa anteriormente gerada foi em vão?

É exatamente isso que acontece!

O ser humano é insaciável.

Nada, por maior que seja, será capaz de nos preencher. E quando eu digo “nada”, eu quero dizer que nada material nos trará satisfação plena. É claro que tudo aquilo que nós conquistamos nos fará bem, e com certeza nos trará uma felicidade momentânea. Mas preste bem atenção, essa felicidade e ansiedade por conseguir algo novo, desaparecerão, e logo você estará correndo atrás de algo novo, para te satisfazer momentaneamente outra vez.

Isso é errado? Não, pelo contrário, nós precisamos correr atrás do novo, isso faz parte da vida de todos nós. O que eu quero dizer com tudo isso é que os bens materiais não podem ser a única motivação para você levantar da cama de manhã. Existem outras coisas, como o amor, os amigos, a família e a satisfação pessoal por ser quem você é.

Quando você apertar o botão da auto sabotagem e começar a pensar que você não está satisfeito com aquilo que você conquistou, pense em tudo aquilo que você, realmente, tem e que te trará felicidade a vida inteira. Seus amigos, sua família, seu amor. Suas crenças, seus hobbies, seu cachorro.

Nada nesse mundo pode roubar aquilo que vem de dentro. Tudo aquilo que é interno foi feito para durar, preencher e transbordar. Diferente das coisas externas, que pedem cada vez mais de nós e muitas vezes nos deixam infelizes e incompletos.

(…)

Corra sim atrás dos ‘externos’, mas não deixe que os ‘internos’ morram sufocados por eles.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.