Trilhos de Trem
Crônicas

Não abra mão de um “meio” feliz

Você já deve ter tido, pelo menos uma vez, a sensação de não estar, realmente, vivendo. É como se todos estivessem em seus lugares e você estivesse correndo sozinho na escuridão, tentando encontrar o seu lugar no meio daquela multidão que já se encontrou. O mundo para, as pessoas congelam e você continua correndo, perdido e cansado de tentar encontrar a felicidade. E se eu te disser que não existe final feliz?! Você acreditará em mim ou continuará correndo feito louco atrás de um final que te deixe satisfeito?

(Fim – momento ou ponto em que se interrompe algo)

Todos nós seremos interrompidos em algum momento, e quando isso acontecer, não existirão segundas chances, ou você se torna consciente de sua mortalidade agora ou você passará o resto de seus preciosos dias esperando a felicidade chegar embrulhada em um papel de presentes.

Não é errado traçar uma linha em direção ao seu objetivo, o que é errado é você esperar para ser feliz quando você chegar lá. Todos nós temos a oportunidade de ser feliz todos os dias, todos nós temos motivos de sobra para celebrar a vida hoje, mas por algum motivo irracional, escolhemos guardar esse sentimento para quando chegar “a hora”, e com isso vem as frustrações, a sensação de estar perdido, a angustia e a tristeza, porque essa tão esperada “hora” não chega.

Não abra mão de um “meio” feliz, na esperança de encontrar um final feliz. Toda emoção, felicidade e energia estão na caminhada, toda graça da vida está impregnada no que está acontecendo agora.  Não espere. Aprecie o que você tem.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.