Continue a nadar
Artigos

Continue a Nadar

Eu nunca imaginei que presenciaria algo dessa magnitude, esse cansaço em massa, essa tristeza generalizada. Sorrisos falsos estampam a boca de pessoas aparentemente felizes nas redes sociais. Mas pra quê? Pra chegar em casa e chorar até dormir? Pra mostrar para o mundo o quanto estamos satisfeitos com a vida que temos? Eu não sei, eu só sei que por trás das máscaras nós estamos enlouquecendo.

Falta de ar, tremores pelo corpo, um nó na garganta e preocupação com o que há de vir. Tristeza porque ainda não chegamos lá. Frustração com a nossa aparente falta de vontade de vencer, segundo os couches. Medo de nunca sair da borda. Receio de sair e se afogar. Afinal de contas, estamos atrás do que?

Estabilidade? Amor? Um emprego que nos faça felizes? O que nós tanto queremos que nos deixa assim, tão vazios? Sentimos falta do que? Dinheiro? Quem tem dinheiro diz que a felicidade não está lá. Amor? Pessoas e mais pessoas estão se divorciando no mundo todo, talvez a felicidade também não more no amor. Uma vaga na melhor empresa da cidade? Ouvi dizer que algumas pessoas que trabalham lá, estão querendo sair porque não aguentam mais a rotina estressante. É, eu também não entendo.

Eu não sei qual é o motivo de tanto cansaço, mas o que eu tenho percebido é que todos nós estamos passando por batalhas individuais. Dinheiro ajuda? Com certeza, mas não pode comprar paz de espírito. Encontrar o amor ajuda? Ajuda e é maravilhoso, mas não preenche o vazio de nossa alma. Trabalhar na empresa mais irada do país ajuda? Sim! Mas não vem com um remédio para fazer nossa ansiedade ir embora.

Eu gostaria de ter a resposta exata, mas tudo o que eu tenho são suposições. Talvez esse vazio só vá embora quando você parar de se cobrar tanto e aceitar que a vida é assim mesmo, imprevisível. Ou talvez você tenha que arregaçar as mangas e lutar para que seu coração entenda que ele está batendo mais um dia e que não existirá nada melhor do que isso, você tem a vida.

Eu não sei qual será o remédio para as suas dores ou para as minhas, o que eu sei é que mesmo diante de tantas incertezas, precisamos continuar nadando. Já assistiu Procurando Nemo? “Continue a nadar, continue a nadar, a nadar, a nadar”. Uma hora tudo isso passará e você sentirá um orgulho enorme de você mesmo porque mesmo não aguentando mais, você tirou força da fraqueza e conseguiu alcançar a tão almejada paz. Você vai conseguir passar por isso! Eu acredito em você e eu espero que você também acredite em mim, porque as vezes eu não acredito.

(…)

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.