virginia woolf
Frases

15 frases poderosas de Virginia Woolf

Leia abaixo 15 frases da autora Virginia Woolf:

“A partir de uma certa idade os anos passam voando e os dias são intermináveis.”

“Eu só posso observar que o passado é belo porque nunca se percebe uma emoção no momento. Ela se expande mais tarde, e, portanto, não temos emoções completas sobre o presente, só sobre o passado.”

“O que é uma mulher? Eu lhes asseguro, eu não sei. Não acredito que vocês saibam. Não acredito que alguém possa saber até que ela tenha se expressado em todas as artes e profissões abertas à habilidade humana.”

“As coisas se desprenderam de mim. Eu prolonguei certos desejos; eu perdi amigos, alguns para a morte… outros pela incapacidade de atravessar a rua.”

“Este é um privilégio da solidão: pode a gente fazer o que bem nos parece. Pode-se até chorar, se ninguém está olhando.”

“A beleza do mundo, que é cedo demais para perecer, possui dois extremos, um da alegria, outro da angústia, rachando o coração em duas metades.”

“Todo segredo da alma de um escritor, toda a experiência de sua vida, toda a qualidade de sua mente está melhor escrita em seus trabalhos.”

“Tudo é efêmero como o arco-íris.”

“Sinto mil capacidades brotarem em mim. Ora sou brejeira, alegre, lânguida, ora melancólica. Tenho raízes, mas sou fluida. Toda dourada, fluindo…”

“Realmente, eu não gosto da natureza humana a menos que esteja toda temperada com arte.”

“Como mulher eu não possuo país. Como mulher, meu país é o mundo todo.”

“Por isso odeio espelhos que me revelam meu verdadeiro rosto. Sozinha, muitas vezes mergulho no nada. Preciso firmar meu pé fortemente, se não, caio do limite do mundo para dentro do nada. Preciso bater minha mão contra uma porta rija, para me chamar de regresso a meu corpo.”

“Não precisa ter pressa. Não há necessidade de brilhar. Não precisa ser ninguém além de si mesmo.”

“Tranque as suas bibliotecas, se quiser; mas não há nenhuma porta, nenhum cadeado, nenhum ferrolho que você pode colocar sobre a liberdade da minha mente.”

“Crescer é perder algumas ilusões para ganhar outras.”

Sobre Virginia Woolf

Adeline Virginia Woolf, nascida Adeline Virginia Stephen, foi uma escritora, ensaísta e editora britânica. Estreou-se na literatura em 1915 com o romance The Voyage Out, que abriu o caminho para a sua carreira como escritora e uma série de obras notáveis.

You Might Also Like...

2 Comments

  • Reply
    Sara
    18 de fevereiro de 2021 at 17:01

    Uma das minhas escritoras favoritas no momento. Me encontrei nos monólogos interiores intermináveis construídos pelas narrativas dela. O que antes achava que era loucura, com ela percebi que não passam de outras formas de perceber o mundo

    • Reply
      Renata Lima
      20 de fevereiro de 2021 at 12:11

      Eu conheci a obra dela faz pouco tempo, mas é impressionante o quanto eu me identifiquei com a escrita dela!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.