contos de amor
Contos

Garoto De Tóquio

Eu estava caminhando entre as luzes de Tóquio quando te vi olhando para mim, você não perdeu tempo. Será que meu cabelo vermelho chamou sua atenção? Ou foram meus olhos te observando também? Por que você está tão triste, garoto de Tóquio? Alguém partiu seu coração? Ou você vive acompanhado pela solidão assim como eu? Eu conheço esse sorriso que não quer sorrir. Eu conheço essa sombra em seu olhar. Somos todos errantes tentando fazer um acerto, garoto de Tóquio, não se cobre tanto. Não é uma competição. É a vida. E ela está acontecendo ao nosso redor, agora. Sua tristeza se esvai quando me aproximo. Será que fomos feitos um para o outro? Ou será que existe a possibilidade de você ter sido feito para você mesmo? Eu acredito na segunda opção e eu sei que você também acredita, só não descobriu isso ainda. Mas você vai aprender, garoto de Tóquio, que a vida é assim mesmo. Dias bons. Dias ruins. Solidão. Aprendizados que te ensinarão a ser gente, que desmorona de vez em quando, mas que nunca desiste de continuar brilhando, assim como as luzes de led daquele restaurante. Posso te pagar um jantar?

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.