um ano solitário
Frases de Livros

Um Ano Solitário

Em Um Ano Solitário, Tori Spring não aguenta mais o colégio; na lista de coisas que ela também não suporta estão sua melhor amiga, garotos, filmes, livros, seus pais e basicamente tudo que consegue imaginar. As únicas coisas que a motivam a se levantar da cama são seu blog e seu irmão Charlie, que está se recuperando de um distúrbio alimentar.
Quando um site misterioso chamado Solitaire começa a pregar peças em sua escola, Tori não parece muito interessada, mesmo que Michael Holden, o garoto novo esquisito, tente convencê-la a investigar o esquema. Tori está tão presa em sua própria cabeça, tão convencida de que o mundo é horrível, que não consegue perceber os esforços que Michael e um antigo amigo de infância, Lucas, fazem para se aproximar dela. Mas quando as brincadeiras do Solitaire ficam sérias demais e pessoas começam a se machucar, Tori é obrigada a sair de sua zona de conforto para descobrir o que o site tem a ver com ela.

Clique aqui para comprar o livro com desconto na Amazon.

As melhores frases do livro Um Ano Solitário:

“Mas livros – eles são diferentes. Quando você assiste a um filme, você é uma espécie de estranho olhando para dentro. Com um livro – você está bem ali. Você está dentro. Você é o personagem principal.”

“No que me diz respeito, saí do útero jorrando cinismo e desejando chuva.”

“Tudo o que sei é que estou aqui. E eu estou vivo. E não estou sozinho.”

“Não quero que as pessoas se preocupem comigo. Não há nada com que se preocupar. Eu não quero que as pessoas tentem entender porque eu sou do jeito que sou, porque eu deveria ser a primeira pessoa a entender isso. E eu não entendo ainda. Não quero que as pessoas interfiram. Eu não quero pessoas na minha cabeça, escolhendo isso e aquilo, permanentemente pegando os pedaços quebrados de mim.”

“Você gosta de agir como se não se importasse com nada e, se continuar assim, vai se afogar no abismo que imaginou para si mesmo.”

“Há um tempo e um lugar para ser normal. Para a maioria das pessoas, normal é a configuração padrão. Mas para alguns, como você e eu, normal é algo que temos que trazer à tona, como vestir um terno para um jantar chique.”

“Eu acho que você deveria saber que eu invento um monte de coisas na minha cabeça e depois fico triste com isso. Eu gosto de dormir e eu gosto de blog. Eu vou morrer um dia.”

“A escola literalmente não se importa com você, a menos que você seja bom em escrever coisas ou memorizar ou resolver malditas equações matemáticas. E as outras coisas importantes da vida?”

“Ninguém é honesto, ninguém é real. Você não pode confiar em nada nem em ninguém. As emoções são a doença fatal da humanidade. E todos nós estamos morrendo.”

“Na verdade, acho que muitas pessoas são muito bonitas, e talvez ainda mais bonitas quando não estão cientes disso.”

“Chega um ponto, porém, em que você não pode mais continuar cuidando de outras pessoas. Você tem que começar a se cuidar.”

“Estamos tão acostumados ao desastre que o aceitamos. Achamos que merecemos.”

“O que posso dizer? As pessoas não são observadoras. As pessoas não questionam coisas assim. Eles nunca pensam duas vezes sobre o déjà vu quando pode haver uma falha na Matrix. Eles passam por vagabundos nas ruas sem sequer olhar para sua desgraça. Eles não psicanalisam os criadores de slasher-horrors quando provavelmente são todos psicopatas.”

“Você acha que, se fôssemos felizes por toda a vida, morreríamos sentindo como se tivéssemos perdido alguma coisa?”

“Eu realmente não faço nada a menos que eu realmente queira fazer. E na maioria das vezes eu não quero fazer nada.”

“Eu não tinha percebido que estava chorando. Eu realmente não me sinto triste. Eu realmente não sinto nada.”

“Só porque algo não importa, não significa que não valha a pena fazer.”

“Eu não entendo por que você não pode aceitar coisas assim. Se você não consegue aceitar as coisas que não entende, passará a vida questionando tudo. Então você terá que viver sua vida em sua própria cabeça.”

“Pessoas legais são vulneráveis ​​porque não sabem ser más.”

“É só que não é socialmente aceitável dizer coisas deprimentes em voz alta no mundo real porque as pessoas pensam que você está procurando atenção.”

Autora: Alice Oseman
Editora: Rocco

Clique aqui para ler as melhores frases do livro Rádio Silêncio.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.