A história da música Hey Jude
Músicas

Hey Jude

Você conhece a história por trás da música “Hey Jude” da banda The Beatles? Quando John e Cynthia Lennon se separaram, sobre circunstâncias desastrosas, pois John já estava com Yoko, Paul McCartney dirigiu de sua casa em St. John’s Wood até Weybridge, onde o casal morava com o filho Julian Lennon.

Por ser muito próximo de Julian e preocupado com seu futuro, Paul começou a cantarolar “Hey Julian” e improvisar uma letra que confortasse o coração de Julian naquele momento difícil. Durante a viagem “Hey julian” se tornou “Hey Jules”, até que ele optou por “Hey Jude” por achar que soava mais musical. Mais tarde, Julian Lennon, disse em uma entrevista que cresceu conhecendo a história por trás da música, e ouviu os fatos diretamente de Paul, em um encontro que tiveram em New York, anos depois.

É claro que esse foi um resumo de uma história bem maior, mas a questão é a música em si, que música maravilhosa e encorajadora! Eu confesso que quando a ouço, sinto como se ela fosse escrita para mim, e com certeza várias outras pessoas tem a mesma impressão. A música tem uma energia tão forte e poderosa que é capaz de arrepiar a pessoa mais insensível. É como se uma voz não gritasse apenas: Hey Jude! Mas: Hey Renata! Hey Pedro! Hey Maria! Hey você, você pode! Você pode fazer! Você pode superar isso! É incrível.

Sabe, a vida é muito cheia de altos e baixos, o mundo é um lugar maravilhoso, mas as vezes acontecem algumas circunstâncias que acabam nos afastando da esperança. Julian Lennon confessou mais tarde que não tinha afeto do pai, e isso o afetou psicologicamente por muitos anos. John Lennon foi rejeitado pelo pai e abandonado pela mãe, talvez fosse por isso que ele não conseguisse demonstrar o que ele sentia pelo filho, isso não vem ao caso, cada um lida de uma maneira com a dor e a rejeição, e ser rejeitado, dói, e infelizmente, acontece.

Se aconteceu ou está acontecendo com você, se você, em algum momento, já se sentiu perdido e sozinho, e não teve ninguém pra te dizer que ficaria tudo bem, eu te digo agora: Vai ficar tudo bem sim, em algum momento as coisas se ajeitarão e você não se sentirá mais perdido. Há esperança para sua dor, assim como há esperança para as dores de todos nós.

(…)

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.