Amores Reais
Filmes

La La Land

Sobre nós, os sonhadores, somos o agora, e apesar de planejarmos uma vida toda, o amanhã não nos interessa de verdade, porque sabemos que somos um sopro, e por saber que somos um sopro, vivemos intensamente tudo o que nos é permitido hoje. Sobre nossos amores, são como nossa própria vida, amamos, sofremos, nos alegramos, choramos, e tudo isso dentro de um determinado tempo, quase sempre ‘imenso’, apesar de não ser tão imenso assim, porque a imensidão de nossos sentimentos está dentro de nossos corações e mentes, anos, para nós podem se tornar dias, e dias, anos, tudo depende de como nossa alma está naquele momento.

Sobre nossos sonhos, são enormes, geralmente, maiores do que nosso orçamento pode ‘comprar’, e por viver sem certezas, sofremos copiosamente por eles. Sentimos o vento, o beijo, o abraço. Nos encantamos com as luzes, com as pessoas, com os sons. Ouvimos a canção, fechamos os olhos, sentimos a música. Desenhamos uma vida perfeita, onde cada sonho é presente e real, onde nós dançamos ao som das batidas do nosso coração, onde a noite nunca termina, porque ela é perfeita e tudo acontece tão naturalmente, que é impossível não se emocionar.

Somos as pessoas mais felizes e tristes desta terra, porque não escondemos nossas frustrações, não jogamos para debaixo do tapete nossos medos, nós gritamos nos quatro cantos da cidade, para quem quiser ouvir, que somos fracassados, quando estamos fracassados, que somos medrosos, quando sentimos medo, que estamos surtando, quando estamos ansiosos. Não vivemos meias verdades e nem ocultamos nossas mentiras. Quando estamos felizes, nos alegramos baixinho, nas janelas de quem está embriagado demais para nos ouvir. Desistimos, paramos na metade do caminho, jogamos fora as poucas migalhas que conseguimos, nos embebedamos em nossas mágoas, olhamos para trás, ficamos nostálgicos, apreciamos o que passou, pegamos as migalhas do chão e continuamos nossa jornada, crendo que a quilômetros dali nossos mais profundos desejos, estarão nos esperando, porque sim, eles estarão nos esperando.

Todos vocês conhecem o filme ‘La La Land’, ele esteve no auge durante um bom tempo e gerou muitas críticas na mídia, uns amaram, outros não, para ser mais específica, os realistas amaram, já os românticos, nem tanto. O filme conta a história de Mia e Sebastian, um casal apaixonado, ambos em busca de seus sonhos. Até aí tudo bem, mas o que fazemos quando nossos sonhos são maiores do que qualquer outra coisa? E essa é a questão. A imensidão que existe dentro de cada sonhador. Resumindo a história que você já conhece, Mia não deixa de seguir seus sonhos por causa de Sebastian e vice versa, ambos sabem que cada oportunidade perdida se torna uma frustrante e triste recordação, e por saberem disso, seguem caminhos diferentes.

Eu confesso que torci muito para os dois ficarem juntos, mas a vida não é assim e o filme transmitiu muito bem essa questão, nossas histórias não são recheadas de finais felizes e recomeços exuberantes, temos nossa cota de frustração, nenhum ser humano nesta terra é completamente satisfeito. E pode parecer besteira, mas nem todos dão o sangue pelos seus sonhos, e os que dão, sofrem por ter que escolher, muitas vezes, entre dois amores. Faça sua escolha, no final das contas, você terminará com aquilo que sempre sonhou, se é um amor, ame. Se é um sonho, viva. Nem sempre teremos tudo o que desejamos, mas pode ter certeza, que lá na frente, o que for essencial, estará te esperando, porque a vida, meu amigo, se encarrega de deixar para nós, tudo aquilo que realmente importa.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.