As Noites Skank
Músicas

As Noites

Talvez, você nunca tenha parado para pensar nisso, mas não é interessante o fato de o tempo ter várias dobras e dentro dessas dobras, momentos, e vivendo esses momentos, várias versões de nós mesmos?! Não é interessante passar por uma rua que você passou outras duzentas vezes e imaginar que várias versões de você passaram pela mesma rua, entre as mesmas árvores, mas vivendo momentos diferentes de suas vidas?!

Sou completamente apaixonada pela banda Skank, costumo falar que eles não têm uma música ruim. As letras são incríveis, românticas, reflexivas e me fazem ficar em estado de plenitude quando as ouço. De todas as músicas, a música “As Noites” é a música que mais me faz pensar no quanto cada momento de nossas vidas é importante, não pelo fato desses momentos passarem, pelo contrário, essa música me faz pensar que nenhum momento, realmente, passa , mas se transformam em memórias, fragmentos eternizados no tempo.

“As casas desse lugar se lembrarão do nosso abraço, da sombra insólita. Espelho azul no chão.” ♪

Cada momento que nós vivemos é único e, de certa forma, nos marcam para sempre. Acho incrível quando o Samuel canta: “As casas desse lugar se lembrarão do nosso abraço…”  Não é fantástico pensar que em alguma parte do passado, você está abraçando alguém perto daquela casa que fica na esquina e que essa casa, enquanto estiver ali, se lembrará desse momento? Não é maluco imaginar que existem dezenas de momentos acontecendo com você, mas em tempos diferentes?

Pode ser só paranoia minha, mas eu gosto de pensar que o tempo é infinito e que ele guarda dentro dele, tudo aquilo que acontece conosco durante nossa jornada aqui na terra. E por guardar cada momento, o tempo acaba sendo uma maneira de fazer com que cada pessoa que passou e que vai passar por aqui, não morra de fato, mas se transforme em parte dele. Partes. Fragmentos. Passados. Memórias. Fazemos parte de algo maior e por mais que não consigamos entender a vida e o porquê de cada momento significativo para nós, passar, podemos ter convicção de que apesar da morte, seguiremos vivos, amalgamados nas entranhas do tempo, para sempre.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.