Vienna espera por você
Músicas

Vienna espera por você

Eu não sei se é a chegada de mais um ano e eu não sei se você já se sentiu assim, mas não é estranho olhar para o ano que passou e ver que nada mudou?! Ou pior, não é estranho tentar se lembrar de como você chegou na situação em que está e não se lembrar de qual caminho o trouxe até aqui?! É um tipo de estranho que corrói nossas certezas e deixa no lugar delas, dúvidas, aquelas dúvidas cruéis que nos fazem pensar no quanto somos acomodados e medrosos, tanto, que não temos coragem de admitir para nós mesmos, diante do espelho.

Algumas pessoas conseguem lidar com a falta de algo em suas vidas, outras não. Algumas pessoas tomam decisões que mudam suas vidas completamente, outras, com medo de arriscar, não. Talvez você esteja no auge de sua vida, presenciando em verdade, tudo aquilo que sonhou, mas existe também a possibilidade de você fazer parte de uma grande quantidade de pessoas que se sentem perdidas, tentando achar uma luz na escuridão, e para essas pessoas, há um refrigério.

Eu tenho certeza, quase absoluta de que você conhece a Jenna, aquela moça confusa, daquele filme maravilhoso “De repente 30”, e tenho mais certeza ainda de que em algum momento do filme você se pegou pensando na possibilidade de voltar no tempo para consertar as coisas ou tentar fazer o mesmo caminho para encontrar seu erro, e talvez você não tenha notado, mas durante uma das cenas onde Jenna se sente completamente perdida, toca uma música, Vienna, para ser mais exata, uma belíssima canção composta pelo cantor norte americano, Billy Joel.

Em uma entrevista, Billy Joel conta que seu pai morava em uma pequena cidade conhecida como Vienna, e por conta de sua localização, o nome da cidade significava uma encruzilhada. E em uma viagem a cidade de seu pai, Billy se deparou com uma senhora, já muito velha, catadora de lixo, fazendo seu trabalho. Ao ver esta cena, Billy perguntou ao pai porque ela não se aposentava, já que não tinha mais idade para esse ou qualquer outro tipo de trabalho.

Seu pai, ao responder, disse que não era essa sua forma de pensar e que o importante era continuar fazendo as coisas. Aquela senhora, independente de sua idade, tinha uma vida ali, tinha uma razão de ser, uma razão para acordar toda manhã, a qual não era a de “deixar o trabalho feito”, mas de se sentir útil. A letra da música fala sobre nossa pressa em viver e o medo que cada passar de ano nos dá, por acreditarmos que a cada novo tempo, passamos a ser menos e menos do que já fomos e pudemos ser um dia. A frase principal da música “Vienna waits for you” (Vienna espera por você), é uma metáfora para “o resto da tua vida”, e no final das contas, a vida será aquilo que cada um fizer dela.

A história não é fantástica?!

Todos os dias somos pressionados pelos nossos sonhos e, infelizmente, todos os dias deixamos de acreditar um pouco na nossa capacidade de chegar “lá”. Você não é o único(a), todo santo dia, pessoas e mais pessoas, passam pelas mesmas situações que você, e todo santo dia, um pouco de seus sonhos deixam de existir, por conta das dificuldades que cada um enfrenta. Mas e se nós tentarmos olhar para a vida como o pai de Billy olhou?! E se nós, por um momento, baixarmos a guarda e olharmos para nossa vida de uma forma diferente.

Temos razões para acordar todas as manhãs, temos forças para continuar acreditando que Vienna espera por nós. É difícil sim ver os anos passando diante de nossos olhos enquanto nossos sonhos, muitas vezes, ficam para trás, mas ouvindo essa música eu percebi que não se trata de chegar no pódio, acenar para as pessoas e exibir um troféu, se trata de viver cada dia, independente do que aconteça, se trata de apreciar o que se tem. Sim, o resto de nossas vidas espera por nós, mas isso não significa que correr seja a melhor forma de alcançar nossos objetivos, talvez o significado mais profundo seja admirar o que se tem hoje, para desfrutar do que virá amanhã.

Confira a letra da música:

Slow down, you crazy child (Devagar, sua criança louca)
You’re so ambitious for a juvenile (Você é tão ambicioso para um jovem)
But then if you’re so smart (Mas, então, se você é tão inteligente)
Tell me why are you still so afraid? (Me diga, por que ainda está com tanto medo?)
Where’s the fire?  (Onde está o fogo?) 
What’s the hurry about? (Pra que essa pressa?)
You better cool it off before you burn it out (É melhor você aproveitar isso antes que você perca)
You got so much to do (Você tem muito o que fazer) 
And only so many hours in a day (E apenas algumas horas por dia)

Don’t you know that when the truth is told (Você não sabe que quando a verdade é contada)
That you can get what you want or you can just get old? (Que você pode conseguir o que quer ou você pode apenas ficar velho?)
You’re gonna kick off before you even get halfway through (Você vai desistir antes mesmo de passar metade do caminho)
When will you realize Vienna waits for you? (Quando você perceberá que Vienna espera por você?)

Slow down, you’re doing fine (Devagar, você está indo bem)
You can’t be everything you wanna be before your time (Você não pode ser tudo o que você quer ser antes do seu tempo)
Although it’s so romantic on the borderline tonight (Embora seja tão romântico no limite hoje à noite)
Too bad, but it’s the life you lead (Que pena, mas é a vida que você leva)
You’re so ahead of yourself that you forgot what you need (Você está tão à frente de si mesmo que esqueceu do que precisa)
Though you can see when you’re wrong (Embora você possa ver quando está errado)
You know, you can’t always see when you’re right (Você sabe, você nem sempre pode ver quando está certo)

You’ve got your passion, You’ve got your pride (Você tem sua paixão, você tem seu orgulho)
But don’t you know that only fools are satisfied (Mas você não sabe que apenas os tolos estão satisfeitos?)
Dream on, but don’t imagine they’ll all come true (Sonhe, mas não imagine que todos eles se tornarão realidade)
When will you realize Vienna waits for you? (Quando você perceberá que Vienna espera por você?)

Slow down, you crazy child (Devagar, sua criança louca)
Take the phone off the hook and disappear for a while (Tire o telefone do gancho e desapareça por um tempo)
It’s all right you can afford to lose a day or two (Está tudo bem, você pode perder um dia ou dois)
When will you realize Vienna waits for you? (Quando você perceberá que Vienna espera por você?)

Don’t you know that when the truth is told (Você não sabe que quando a verdade é contada)
That you can get what you want or you can just get old? (Que você pode conseguir o que quer ou você pode apenas ficar velho?)
You’re gonna kick off before you even get halfway through (Você vai desistir antes mesmo de passar metade do caminho)
Why don’t you realize Vienna waits for you? (Por que você não percebe que Vienna espera por você?)

When will you realize Vienna waits for you? (Quando você perceberá que Vienna espera por você?)

Vem ouvir a música Vienna:

Clique aqui para conferir a história da música Hey Jude. ♥

You Might Also Like...

12 Comments

  • Reply
    Nah Brafrica
    20 de março de 2022 at 05:55

    Amei! Eu amo essa música e ainda mais por ser sagitariana ela super me representa. Aos 30 anos ainda tenho os mesmo medos , pressa e angústia que tinha aos 15, mas agora lido de forma diferente com eles.

    • Reply
      Renata Lima
      20 de março de 2022 at 11:21

      Obrigada Nah! ♥ Mesmo tendo 30 anos eu ainda tenho os mesmos medos também, acho que no fundo é normal sempre ter um pouco de medo e sentir um pouco de angústia de vez em quando. A gente vai aprendendo a lidar com tudo, né?!

  • Reply
    Naty
    25 de março de 2022 at 22:40

    Perfeição em forma de texto! Parabéns! Me identifico demais com essa música pois aos 29 anos, formada ainda me sinto perdida. Desde nova senti que nessa idade minha vida estaria diferente e penso que isso é culpa minha. Vou tentar ir mais devagar, e aos poucos as coisas vão acontecendo. A ansiedade pelo amanhã faz com que não apreciemos o hoje. Mais uma vez, obrigada pelo texto!

    • Reply
      Renata Lima
      26 de março de 2022 at 12:06

      Naty, obrigada. ♥♥♥
      Acho que todos nós crescemos com isso na cabeça, achamos que em determinado ponto tudo estará resolvido. Quando percebemos que ainda temos um caminho a percorrer, acabamos ficando muito decepcionados. Talvez o segredo seja ir mais devagar mesmo, sempre tendo em mente que a vida é assim mesmo e que sempre teremos alguma coisa para resolver. O importante é viver cada momento intensamente, mesmo que as coisas não saiam do jeito que nós planejamos.

  • Reply
    Dani Lima
    8 de abril de 2022 at 02:12

    Renata, que texto perfeito, parabéns!

    Estou vivendo esse momento, nunca tinha prestado atenção na letra dessa música, hoje assistindo um vídeo que tinha ela decidi vir atrás da história dela e achei aqui ♥️

    Me emocionei demais, me identifiquei demais!
    Por me cobrar tanto esqueço de curtir o processo, de ir de vagar, tenho apenas 30 anos mas me cobro como se estivesse no fim da vida e sem ter realizado nada 😔!!!

    Enfim, obrigada por esse texto maravilhoso e inspirador.

    Me fez refletir ainda mais, obrigada!

    • Reply
      Renata Lima
      10 de abril de 2022 at 11:26

      Dani, muito obrigada! ♥♥♥
      Tenho trinta anos também e sinto a mesma coisa. É impressionante como que a gente coloca prazo de validade nos nossos sonhos, né?! É como se nós não tivéssemos mais tempo para fazer qualquer coisa, sendo que nós ainda temos muito tempo. É um sentimento inexplicável! Eu acho que os tempos que nós estamos vivendo cobram o sucesso das pessoas muito cedo, por isso que nós nos sentimos assim quando chegamos nos trinta. Nós temos a percepção de que todos os jovens com menos de vinte anos já estão com a vida resolvida, fazendo sucesso, etc, sendo que é uma porcentagem muito pequena. O normal é que as coisas realmente levem tempo, é quase impossível ter tudo sob controle aos trinta anos, a verdade é que nós ainda estamos começando.

  • Reply
    Beatriz
    12 de abril de 2022 at 01:50

    Uau Renata que texto encantador!!! Me fez refletir muito. Já conhecia a música há muito tempo, mas nunca tinha parado para analisar a letra e aí cai no seu blog e no seu belo texto. Essa música me inspirou demais!! Tenho só 24 anos mas super me cobro e realmente sou a “crazy child, so ambitious for a juvenile”. Realmente devemos tomar cuidado com isso. Trabalho com moda e me inspirei a fazer uma coleção inspirada nesse tema 🤍

    • Reply
      Renata Lima
      12 de abril de 2022 at 20:20

      Obrigada, Beatriz. ♥♥♥
      Eu sempre me cobrei também, desde muito jovem. A gente acha que precisa dar conta de tudo, né?! Fiquei muito curiosa com relação a sua coleção, deve ser incrível!

  • Reply
    Inara dos Santos
    13 de abril de 2022 at 09:51

    Sensacional, não só a letra que inspira demais, como também a sua interpretação que se alinhou exatamente com o que estou vivendo e a forma como vejo as coisas, parabéns! Essa mania minha de querer dar orgulho a minha família, exigir o melhor de mim sempre para chegar em algum lugar, me faz perceber que preciso viver mais de fato.

    • Reply
      Renata Lima
      14 de abril de 2022 at 17:21

      Obrigada, Inara. ♥
      Sim, a gente acaba ficando exausto e sem ânimo nenhum para viver a vida realmente.

  • Reply
    Carlos trinca
    5 de junho de 2022 at 00:16

    Obrigado por ser tão compreensivo encontrei aqui tudo que precisava saber, muito muito obrigado 30 anos também. Praticamente todos os comentários aqui definir o que eu estou sentindo e passando obrigado

    • Reply
      Renata Lima
      6 de junho de 2022 at 11:41

      Carlos, estamos todos juntos, passando pelas mesmas coisas. Com certeza conseguiremos lidar com tudo. ♥

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.